Connect with us

Destaque

20 de Dezembro abre as portas o free shop de Porto Mauá

Pável Bauken

Publicado

em



 

No dia 20 de Dezembro abre as portas o free shop de Porto Mauá, operado pelo grupo Liberty. O grupo é formado pelas famílias, Carminatti do Paraná, Coll de Montevidéu no Uruguay e Liedtke da Argentina.

A expectativa é de grande movimentação para compras natalinas a cidade tem programação de Natal com comércio aberto e diversas atrações. A primeira Loja Free Shop na região na cidade de Porto Mauá, em um espaço de aproximadamente 500m². Nesse primeiro espaço serão vendidos: bebidas, perfumes, maquiagens, equipamentos eletrônicos, relógios, chocolates.

A segunda loja está prevista para abrir as portas em março de 2020, ao lado da primeira onde serão comercializadas confecções de roupas importadas, marcas conhecidas por pessoas que buscam produtos nas fronteiras. O prédio, ao lado da primeira loja, será um segundo espaço também de 500m².

Em março de 2018 a Receita Federal publicou a regulamentação que liberava a abertura de lojas francas em fronteiras terrestres no Brasil. A partir de então, estavam livres a funcionar lojas como as que operam em portos e aeroportos, conhecidas como free shop, com regime aduaneiro especial para vender mercadorias nacionais ou estrangeiras sem cobrança de impostos para passageiros em viagem internacional, com pagamento na moeda nacional ou estrangeira.

Nos free shops poderão gastar até US$ 500, com isenção a cada 30 dias. O que ultrapassar esse valor será taxado com a alíquota de 50%. Os brasileiros também poderão realizar compras nas lojas do lado de cá da fronteira, diferentemente do que ocorre, por exemplo, no Uruguai, onde a população local não é permitida a realizar compras nos free shops do seu país: “Hoje a população da nossa região percorre cerca de 400 ou 500 km para realizar compras, agora vão percorrer 100 ou 200 km comprando aqui na nossa cidade”, disse Leocir.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Prefeito Vicini propõe convênio para abertura de um posto avançado do IPE em Santa Rosa

Pável Bauken

Publicado

em



O Prefeito Alcides Vicini protocolou expediente na semana passada para o Diretor – Presidente do IPE Saúde, Sr. Marcus Vinicius de Almeida oferecendo auxilio do município para a realização de um convênio que viabilize a abertura de um Posto Avançado do instituto em Santa Rosa.

No documento protocolado o prefeito justificou a iniciativa tendo em vista as enumeras reclamações que tem recebido de munícipes usuários do IPE, que encontram dificuldades em agendamentos de procedimentos e outros tramites necessários depois que foi fechada a agência da instituição em Santa Rosa.

Pensando em buscar o bem estar da população usuária e facilitar o acesso aos serviços à saúde o município de Santa Rosa propõe no convênio a disponibilização de uma sala com estrutura necessária bem como de um servidor que possa realizar os atendimentos.

Vicini frisou que durante décadas a agência do IPE esteve prestando serviços em Santa Rosa, e seu fechamento está causando muitos transtornos pois as pessoas sentem –se perdidas quando necessitam de atendimento da instituição.

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

Continue Lendo

Destaque

UTI Neonatal teve 203 atendimentos

Pável Bauken

Publicado

em



A UTI Neonatal, do Hospital Vida & Saúde que é cadastrada na Central de Leitos realizou 203 atendimentos em 2019. Esse número foi praticamente o mesmo de 2018, em função do número de leitos e da taxa de ocupação que se manteve em 97%. O setor recebe pacientes de todas as regiões do estado.

Em relação aos atendimentos de 2019, 58% foram meninos e 42% meninas. Número bem semelhante também ao ano de 2018. As principais causas de internações foram prematuridade e disfunção respiratória. Para a Enfermeira responsável Lissandra Maicá Ruedell, o ano que passou foi de muitos avanços e melhorias para esse setor, “Avançamos muito na qualificação da equipe, concretizando protocolos de segurança. Para 2020, a expectativa é manter estes treinamentos, objetivando aperfeiçoar cada vez mais a equipe e oferecer um atendimento seguro e qualificado aos recém-nascidos”.

Em 2019, foi instituída a “Hora do Soninho” que estabeleceu em cada turno, uma hora para estimular o pleno descanso dos bebês, importante para o crescimento e desenvolvimento. Outra ação do ano passado foi a criação de um horário específico de visita para os avós, com intenção de estimular o contato e fortalecer a inclusão do bebê com a família.

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

Continue Lendo

Destaque

Polícia Civil efetua maior apreensão de drogas sintéticas na história do Estado

Reporter Cidades

Publicado

em



Na tarde desta segunda-feira (27/01), em ação de combate ao tráfico de drogas ilegais no bairro Humaitá em Porto Alegre, a Polícia Civil, através da 4ª DIN do Departamento de Investigações do Narcotráfico (DENARC), realizou a apreensão de grande quantidade de drogas sintéticas.

Os agentes do DENARC investigavam uma rota de envio de ecstasy de outros Estados mediante utilização de empresas de logística e transporte rodoviário de mercadorias. Antes da entrega de embalagem transportada, durante vistoria realizada, foi identificado um volume suspeito que registrava conter alimentos oriundo do Estado do Pará com destino ao Rio Grande do Sul. Após inspeção no interior da embalagem, foram localizados aproximadamente 14.200 comprimidos de ecstasy prontos para distribuição e consumo.

Segundo o DENARC, se trata da maior apreensão de comprimidos de ecstasy da história da Polícia Civil gaúcha, resultando na retirada de mais de meio milhão de reais em drogas ilegais da rede de distribuição criminosa do narcotráfico.

A ação integra a estratégia da Polícia Civil na atuação focada em grupos criminosos organizados na distribuição de drogas ilegais. As investigações prosseguirão no sentido de identificar a responsabilidade pela remessa e destinação da droga apreendida.

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

Continue Lendo

Trending

×