17ª CRE admite fechamento ou municipalização de escolas – Portal Plural
Connect with us

Destaque

17ª CRE admite fechamento ou municipalização de escolas

Publicado

em



 

A direção, pais, alunos e professores de algumas escolas estaduais em Santa Rosa estão muito apreensivos, pois, segundo informações recebidas através de bilhetes enviados pelos educandários, algumas destas escolas estariam com suspeita de encerrarem suas atividades ou serem municipalizadas.

Dentre as escolas mencionadas estão a Escola Estadual Mercedes Motta, Escola Estadual Edmundo Pilz e Escola Estadual Tiradentes.

Segundo a Coordenadora da 17ª Coordenadoria Estadual de Educação, Beatriz Cancian Milbrat, “nós estamos fazendo um levantamento das demandas escolares”.

ESCOLA ESTADUAL EDMUNDO PILZ

“De ano a ano a demanda escolar vem diminuindo, nos últimos cinco anos vimos este fato, então há a necessidade rever esta situação e vimos que ao redor desta escola existem outras que poderão absorver estes alunos sem demanda de prejuízo escolar. A Escola Edmundo Pilz, em parceria com o município de Santa Rosa, a partir de 2020 será municipalizada, passará a ser uma escola municipal”, comentou Beatriz Cancian Milbrat.

Quando a não terem informado esta situação aos pais a Coordenadora disse que foram encaminhados todos os papéis e é preciso a concretização por parte do executivo para depois transmitir para os pais. Segundo informações a escola terá 140 alunos remanejados para outras escolas.

ESCOLA ESTADUAL MERCEDES MOTTA

A escola enviou um bilhete aos pais informando que a escola estaria para ser fechada ou municipalizada. O que causou uma enorme preocupação e indignação dos pais.

“Na realidade nem nós temos esta decisão ainda, não há nada concretizado. Estamos em fase de ajuste, onde poderão sim serem encerradas suas atividades, municipalizada ou continua funcionando em outra situação. Não entendo porque este bilhete foi enviado, até agora o que temos são ajustes que serão feitos na escola. A coordenadoria não enviou nenhum comunicado a escola sobre este assunto”, disse a Coordenadora da 17ª CRE.

ESCOLA ESTADUAL TIRADENTES

“Em nenhum momento foi cogitado o fechamento desta escola, estamos fazendo os ajustes da demanda para 2020”, disse a coordenadora da 17ª CRE.

Sobre a municipalização a coordenadora comentou que este assunto não foi tratado até agora com o Executivo Municipal.

“Nenhum pai nos procurou então, gostaria de dizer sobre estas dúvidas que as escolas, junto Conselho dos Pais, que venham até nós. A única que nos procurou foi a Escola Tirandentes, mas as outras escolas que receberam o bilhete em casa, nenhum pai nos ligou e questionou sobre o assunto.

Quando algo estiver de fato concretizado as escolas serão avisadas pela coordenadoria, não agora, pois não existe uma situação que eu possa avisar uma escola sobre o que está acontecendo. Depois do estudo da demanda, conversarmos com os professores, a comunidade e estiver decidido, eles serão comunicados”, finalizou a Coordenadora da 17ª CRE.

O QUE DIZ O MUNICÍPIO

A Secretária de Desenvolvimento Educacional, Maria da Graça Zimmermann, disse que a Escola Edmundo Pilz foi oferecida ao município pela Coordenadora da CRE, uma vez que a intenção era de realmente fechar a escola. A proposta foi levada ao prefeito Vicini que de imediato demonstrou interesse e mandou dar seguimento nas negociações.

Maria da Graça destacou que o município utiliza salas em nove escolas estaduais para a educação infantil.

“Para 2020 a 17ª CRE não estaria mais disponibilizando algumas salas de aula onde mantemos turmas de Educação Infantil como a Escola Fernando Albino e Armindo Vier de Guia Lopes. Estamos em fase de planejamento, não tem nada certo. O que fizemos foi solicitar o prédio da escola já que o estado irá fechar o Edmundo Pilz. O município ainda está avaliando essa questão, uma vez que o processo não foi deferido pelo Estado”, comentou a Secretária de Desenvolvimento Educacional.

André C. Garcia / Santa Rosa em Dia

Compartilhe
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Curiosidades

Exercício ilegal da profissão é crime? Saiba Mais

Publicado

em



Todo profissional que exerce uma profissão regulamentada por lei e não possui formação específica ou uma habilitação legal ( registro, inscrição) está trabalhando de forma ilegal.
Por tanto, para exercer funções regulamentadas não basta apenas aprender ou ter uma habilidade, é necessário preencher as condições exigidas por lei.
De acordo com a lei de contravenções penais, esse tipo de atitude é considerado crime e a pena é de 15 dias à 3 meses ou multa.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Mantei libera R$ 1 milhão em obras

Publicado

em



Santa Rosa comemorou nesta quarta-feira (10), 91 anos de emancipação. No dia do aniversário do município, quem recebeu os presentes foi a comunidade. O Prefeito Anderson Mantei autorizou na manhã do feriado municipal, o início de mais duas obras. Mais de R$ 1 milhão vão ser investidos para facilitar a mobilidade urbana e melhorar a infraestrutura da cidade.
O bairro Central vai ser contemplado com 5.757,26 m² de pavimentação asfáltica, sinalização, drenagem e serviços complementares. As melhorias vão ser implementadas nas Ruas Ângelo Zenni (965,54 m²), Ijuí (1.120,26 m²), Tapera (690,51 m²), São José (845,49 m²), Farroupilha (722,79 m²) e Francisco Meinerz (1.412,67 m²). Ao todo, vão ser investidos R$ 774.601,15. O Prefeito Anderson Mantei, ressaltou os projetos em andamento e os novos desafios que têm o objetivo de preparar a Santa Rosa do centenário, “Nossa cidade vive um momento ímpar de evolução e desenvolvimento. É uma alegria poder, no dia em que Santa Rosa completa seus 91 anos, assinar o início de novas obras que vão melhorar a infraestrutura do município. Estamos trabalhando para deixar aos nossos filhos e para as futuras gerações, uma cidade próspera e cada dia melhor para se viver”.
A segunda ordem de início assinada na quarta-feira, vai beneficiar os moradores da Vila Progresso. O projeto contempla a realização da obra de drenagem pluvial na Rua Marechal Floriano, no bairro Cruzeiro. O município está investindo com recursos próprios, R$ 310.759,57, para a implementação das melhorias. O prazo de execução para as duas obras, é de 90 dias corridos, conforme contrato. A empresa responsável pela execução dos serviços, é a ENPHASE PAVIMENTAÇÕES LTDA.
Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Bebê “gigante” nasce com 5,5 quilos no RS

Publicado

em



O nascimento de um bebê com 5,580 quilos e medindo 53 centímetros, em Sapiranga, no Vale do Sinos, chamou a atenção no município.  Mariana Luana veio ao mundo em 1º de agosto e as fotos da “bebê gigante” atraem olhares curiosos. A mãe, Denise Luana Krummenauer, 32 anos, conta que tem outros cinco filhos, e que todos foram considerados grandes ao nascer.

O menor deles nasceu com 3,900 quilos, outros dois nasceram com mais de 4 quilos e os outros dois com mais de 5 quilos.

De acordo com o médico pediatra e obstetra William Hara, responsável pela cesárea, Denise tem pressão alta e apresentou diabetes gestacional, condição se deve ao aumento da resistência insulínica causada pelos hormônios da gestação e é comum em casos de bebês grandes. Nas gestações anteriores Denise não apresentou hipertensão nem diabetes.

Para garantir a chegada de Mariana com saúde ao mundo, Denise teve a diabetes gestacional controlada por meio da alimentação, com dieta, sem necessidade de medicação.

De acordo com a Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul, o peso médio dos bebês ao nascerem fica entre 3 quilos e 3,3 quilos.

Depois do parto, Mariana Luana ficou em observação por 48 horas, mas não apresentou hiperglicemia (nível alto de glicose no sangue) nem hipoglicemia (nível baixo de glicose), e recebeu alta.

O pai, Leomar Farias, afirma que a reação do casal foi de muita alegria com o nascimento da filha e que não esperavam tanta repercussão pelo tamanho e peso da menina ao nascer.

A gestação foi de 41 semanas, e Denise conta que teve de  parar de trabalhar quando chegou aos oito meses porque estava difícil até para se movimentar.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PORTAL PLURAL LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2022 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×