10 anos do SAMU – Portal Plural
Connect with us

Destaque

10 anos do SAMU

Publicado

em



 

Salvar vidas. Esse é o lema de trabalho de 62 profissionais que atuam no SAMU gerenciado pelo Hospital Vida & Saúde. A Instituição conta com ambulância em Três de Maio, Horizontina, Giruá e Santa Rosa, onde tem ambulância básica e avançada. Através de uma importante articulação política e da comunidade, o serviço teve início 01 de setembro de 2009. Nesses 10 anos de trabalho, 29.855 pessoas receberam o atendimento.

O SAMU faz parte da Rede de Urgência do Hospital Vida & Saúde conta com médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e condutores. Estes são chamados pela comunidade, pelo 192, para realizar atendimentos de urgência. Ao longo dessa década, muitas vidas foram salvas e muitas histórias e lembranças positivas permanecem na memória dos profissionais. A Enf. Fabiana Avellaneda está desde 2009, “Para mim é um privilégio de ter essa oportunidade de trabalhar nesse serviço, ajudando a salvar vidas e aprendendo tanto com os colegas e com todos do hospital, já que somos uma grande família”. A enfermeira lembra como foi o primeiro atendimento no dia 06 de setembro, véspera de feriado, no centro de Santa Rosa, quando 05 pessoas foram atropeladas, “Não tínhamos tido nenhum atendimento, foi o primeiro dia, e logo nesse caso sério, mas conseguimos realizar um protocolo, fazíamos o atendimento, trazíamos ao Pronto Socorro e voltávamos para atender outras vítimas”. O primeiro atendimento causou tanto impacto que no segundo dia o condutor da ambulância pediu demissão.

O trabalho não é de rotina e os profissionais contam sempre com situações inesperadas quando chegam no local de atendimento. Para o Coordenador de Urgência e Emergência, Enfermeiro Silvano Cervo, a união da equipe faz toda a diferença, “Sou muito grato em estar atuando nessa equipe que é muito qualificada onde todos se dedicam muito para salvar vidas. Só temos que agradecer todos que passaram pelo SAMU e deixaram seus ensinamentos, e a todos que hoje literalmente “vestem o macacão” em nome do serviço”.

Atendimentos clínicos e traumas são realizados pelos profissionais que também fazem transportes em casos de transferência para outros municípios. Os picos de atendimento médio, normalmente são nos meses do inverno. Com o frio, todos os anos, ocorre um aumento significativo de atendimentos de casos de problemas respiratórios, crise hipertensiva e AVC. Os meses de maio e junho são os que mais registram chamados.

Muitos casos graves foram atendidos ao longo dessa década. Márcio Wachholz, teve o pai socorrido há cerca de 5 anos quando sofreu um infarto, “O atendimento foi perfeito se não fosse o SAMU o pai não estaria mais aqui. Os profissionais foram rápidos e muito atenciosos, todos somos muito gratos ao SAMU”. Assim como ele, milhares de pessoas receberam o primeiro atendimento que é essencial para salvar vidas. Cerca de 110 pessoas são atendidas por mês, sendo cerca de 85% casos graves e demais transportes.

Além do atendimento, a equipe também desenvolve trabalho social. Inúmeras palestras sobre primeiros socorros, simulados, participação em eventos entre outras atividades foram realizadas. De acordo com a Diretora Geral Vanderli de Barros, esse é um serviço primordial, “Tivemos muitos avanços ao longo desses 10 anos, e com muita dedicação de tosos e qualificação do serviço, o sentimento é de dever cumprido, pois salvamos muitas vidas. Os profissionais que atuam no SAMU são anjos que mantem esse serviço primordial com muita garra e dedicação”.

A região só teve ganhos com esse serviço. Para manter e qualificar ainda mais os atendimentos a união da região e a coordenação do hospital são fundamentais para continuidade do SAMU.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Vereadora Márcia volta a cobrar calçadas para a Unidade de Saúde da Vila Cruzeiro

Publicado

em



Preocupada com a situação do passeio público localizado na frente e nas laterais da Unidade Básica de Saúde da Vila Cruzeiro do Sul que ainda não foi feito, a vereadora Márcia Carvalho (PT) voltou a protocolar pedido de informações sobre o caso à Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa.

Em junho do ano passado, a vereadora já havia solicitado informações sobre a obra à Prefeitura. Na oportunidade, obteve como resposta a notícia de que havia sido aberto um processo administrativo sob nº 2005/2020, o qual seria licitado e executado com recursos do Orçamento 2021. No entanto, há poucos meses do final deste ano sem nenhum progresso neste sentido, Márcia quer saber qual o andamento do processo, o valor reservado, a previsão de execução, além de obter cópia da licitação para a obra.

A preocupação da vereadora se deve ao fato de que a má situação do local, em dias de chuva, obriga as pessoas a utilizarem a rua para poder ter acesso à Unidade de Saúde “Aquela área fica coberta de água e barro, impossibilitando o trânsito de pessoas. Isso põe em risco a segurança dos pedestres, que ficam expostos aos carros que passam na rua”, detalha Márcia. Ela lembra ainda que a ausência do passeio impossibilita o direito à acessibilidade das pessoas com deficiência. “Não há como essas pessoas com deficiência chegarem a esta Unidade de Saúde em condições dignas”, frisou.

Desde 2017, Márcia vem cobrando da Prefeitura a construção do passeio na Unidade de Saúde da Vila Cruzeiro. No ano seguinte, ela chegou a protocolar dois requerimentos neste sentido. Até 2021, quando obteve a resposta do Executivo. “Não é mais possível que se empurre com a barriga a realização desta obra quando a Prefeitura nos responde que há uma licitação. Se existe de fato, queremos saber quanto, quando e de que forma esta obra será feita. É pelo bem da população. Vamos seguir cobrando até que seja realizada”, concluiu a vereadora.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Audiência Pública debate Feminicídio e Violência Doméstica em Santa Rosa

Publicado

em



Sexta-feira, 22, 18h30m, Câmara de Vereadores

Será realizada nesta sexta-feira, dia 22 de outubro, a partir das 18h30min, na Câmara de Vereadores de Santa Rosa, uma Audiência Pública da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul para discutir o Feminicídio e a Violência Doméstica no Município de Santa Rosa.

As pessoas também poderão acompanhar o evento de forma virtual pelo canal da Assembleia Legislativa no YouTube.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Caminhada Outubro Rosa

Publicado

em



Evento se realizará sexta-feira, 22, às 16h

Nesta sexta-feira, dia 22 de outubro, , às 16 horas, o Grupo Mama Viva e a FUMSSAR realizarão a tradicional CAMINHADA OUTUBRO ROSA.
O ponto de encontro inicial da caminhada será na Praça da Bandeira, em frente ao Centro Cultural (antiga Prefeitura).

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×